quarta-feira, abril 23, 2014

Eu pedi, ele aceitou de joelhos.

Muito bom ver os sonhos de Deus se realizando em nossas vidas. Tudo que ele escreveu, sendo lido nas páginas dos nossos sorrisos. Preciso falar mais alguma coisa?

segunda-feira, janeiro 13, 2014

Professor itaperunense detona interpretação da OAB e do MPF sobre cartéis internacionais que exploram consumidor brasileiro


Em carta aberta dirigida na última sexta-feira (10 de janeiro) ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius, o professor de matemática João Vinhosa arrasou o entendimento manifestado pela OAB e pelo Ministério Público Federal em processo no qual foi por ele denunciado que o Brasil estava descumprindo o Acordo firmado com os Estados Unidos para combater cartéis.
Referida carta aberta, cuja íntegra pode ser lida ao final, remete os leitores ao vídeo “O cartel do metrô de São Paulo e o Acordo Brasil-EUA para combater cartéis”, no qual Vinhosa aniquila o Voto do Relator do processo que tramitou na OAB, Welber Oliveira Barral, e o Voto do Relator do recurso correspondente, Cezar Britto.
De quebra, no vídeo citado, também é duramente criticado o Voto do Relator do processo instaurado sobre o mesmo assunto pelo MPF, Procurador da República Pedro Nicolau Moura Sacco.
Para conferir o nível das acusações do professor, basta entrar no vídeo, que foi dividido em duas partes, a saber:
A seguir, a íntegra da carta aberta:

Carta Aberta ao presidente da OAB
Por João Vinhosa
O Voto do Relator do processo OAB 2011.18.03263-01, Welber Oliveira Barral, bem como o Voto do Relator do recurso correspondente, Cezar Britto, foram por mim categoricamente criticados em dezembro de 2013 por meio do vídeo intitulado “O cartel do metrô de São Paulo e o Acordo Brasil-EUA para combater cartéis”, que tem os seguintes endereços: Parte 1-http://www.youtube.com/watch?v=6VSeIicsJRY e Parte 2- http://www.youtube.com/watch?v=yzU0Prb_nwY                   
Tudo começou quando, em 18 de abril de 2011, dirigi-me ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, afirmando que seria inestimável a dívida de gratidão dos consumidores brasileiros com a entidade, caso ela colaborasse para solucionar o problema que estava aniquilando o Acordo Brasil-EUA para combater cartéis: odescumprimento pelo Brasil do dever de notificar os EUA sobre determinadas investigações aqui realizadas contra infrações à nossa lei de defesa da concorrência.
Dirigi-me à OAB porque o problema que estava aniquilando o Acordo era decorrente de desencontradas interpretações de nossos operadores de direito sobre o dever de notificar acima citado.
É de se ressaltar que eu trouxe o assunto para a OAB depois de não ter obtido sucesso na denúncia que tramitou no Ministério Público Federal (MPF) sobre a não notificação das autoridades norte-americanas no caso do “Cartel do Oxigênio”,
A propósito, o Voto do Relator do processo instaurado pelo MPF, Procurador da República Pedro Nicolau Moura Sacco, também foi por mim categoricamente criticado no vídeo acima citado.
Excelentíssimo Presidente Marcus Vinicius, relativamente ao dever de notificar previsto no Acordo, ao caso do “Cartel do Oxigênio” veio se somar o caso do “Cartel do Metrô de São Paulo”, e, mais recentemente, o caso da Gemini – sociedade da Petrobras com uma empresa privada para produzir e comercializar Gás Natural Liquefeito.
Saliento, Excelência, que uma criteriosa análise do dever de notificar é a única forma de salvar o Acordo, que, ao ser firmado, foi considerado o maior trunfo para inibir a atuação de cartéis formados por multinacionais que exploram nosso mercado interno. E, com toda a certeza, uma análise criteriosa da matéria não pode deixar de considerar a argumentação contida no vídeo por mim apresentado no início desta.
Finalizando, informo que encaminharei formalmente cópia desta carta aberta a duas autoridades: ao Procurador Geral da República Rodrigo Janot, pelo fato de eu ter criticado decisão tomada pelo MPF, e ao presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Vinícius Carvalho, pelo fato de ser o Cade a autoridade econômica que representa o Brasil no Acordo em questão.

segunda-feira, setembro 16, 2013

Mensagem de um professor aos seus alunos

Conforme é do conhecimento de todos, existe uma grande parte da população que não volta a estudar por causa de uma total incompatibilidade com a matemática.

Ninguém há de negar que a única forma de resgatar esse pessoal é por meio de cursos que sejam rápidos, eficientes, e planejados especificamente para tal tipo de público.

Sobre o assunto, o professor João Vinhosa escreveu um instigante artigo baseado na experiência que está tendo ao dar um curso de matemática básica promovido pela Secretaria de Trabalho de Porciúncula, dentro de uma proposta de melhoria da capacitação profissional da mão de obra local.
O artigo do professor Vinhosa, que tem o mesmo título desta nota introdutória, pode ser lido a seguir.

Mensagem de um professor aos seus alunos
Por João Vinhosa
Incentivado por diversas pessoas que leram a mensagem que se encontra reproduzida ao final, resolvi escrever este artigo.
Referida mensagem foi por mim encaminhada na primeira semana de setembro do corrente ano aos alunos de um curso de matemática básica promovido pela Secretaria de Trabalho do município de Porciúncula (RJ).
Devo confessar que, a princípio, relutei em escrever o artigo. Temia ser mal compreendido. Poderiam pensar que eu estava ostentando um pretenso mérito.
Porém, mudei de idéia, impelido pela relevância do tema: o ensino de matemática a pessoas que têm na matéria o maior entrave para sua volta aos estudos.
A experiência que vivenciei no caso se encontra relatada a seguir.
No último mês de agosto, comecei a dar um curso de matemática básica para um grupo de trinta pessoas, a maioria delas já fora da escola. Como normalmente acontece nesses casos, o grupo era completamente heterogêneo, reunindo pessoas com o mais variado grau de conhecimento da matéria.
Programado para durar trinta horas (dividido em dez encontros de três horas cada), o curso deveria abranger os seguintes tópicos: Frações Ordinárias, Razões, Proporções, Regra de Três Simples, Regra de Três Composta, Números Relativos, Uso do Parêntesis, Potências, Raízes, Equação do Primeiro Grau, Sistema de Equações e Equação de Segundo Grau.
Como se sabe, devido à existência de uma inquebrantável interligação entre as diversas partes da matemática, é indispensável que cada assunto seja estudado a partir de seus conceitos mais elementares.
E – em decorrência do fato que todos os ensinamentos seriam transmitidos a partir do “zero” – foram apenas duas as exigências para participar do curso: o domínio das quatro operações (soma, subtração, multiplicação e divisão) e a familiaridade com a leitura e interpretação de pequenos textos (para se saber o que um problema deu e o que o problema pediu).
Considerando que um aluno despreparado é naturalmente impaciente, era imperativo que a turma fosse motivada de imediato. Para tanto, era necessário demonstrar que qualquer um dos participantes seria capaz de dominar a famigerada Matemática.
Em outras palavras, era de todo conveniente demonstrar ao aluno, nos primeiros minutos do jogo, que ele é capaz de raciocinar e entender tudo aquilo que, um dia – erradamente – lhe colocaram na cabeça que só era possível ser compreendido pelas pessoas mais inteligentes. Afinal, a motivação traz o sucesso, que, por sua vez, provoca mais motivação, formando-se um autêntico círculo virtuoso.
Levando em conta as peculiaridades da tarefa a ser empreendida, necessário se tornou elaborar todo o material didático a ser utilizado no curso. A principal inovação foi a troca da tradicional ordem de apresentação da matéria.
Além disso, uma providência foi fundamental para o sucesso dos trabalhos: a distribuição, no início da primeira aula, da relação dos problemas que seriam resolvidos no decorrer do curso.
A propósito – devido ao fato de os problemas estarem enumerados na ordem de sua resolução – citada relação, do problema 1 ao problema 133, mostra, de maneira indireta, a ordem de apresentação da matéria.     
Para uma melhor apreciação do assunto, terei o maior prazer de encaminhar cópia da relação de problemas a qualquer interessado, bastando, para tanto, que seja feita uma solicitação por meio do e-mail apresentado ao final.
Finalizando, apresento, a seguir, a íntegra da mensagem que originou o artigo:
Caros Alunos,
Está acabando de completar um mês que, juntos, iniciamos nossa jornada. Deveremos caminhar juntos ainda três semanas.
O nosso desafio é enorme. Estamos tentando derrubar um tabu que muito tem prejudicado o ensino no Brasil. Estamos, eu e vocês, tentando demonstrar que é possível, em pouco tempo, transmitir substanciais conhecimentos de matemática a pessoas que apresentam sérias deficiências na matéria. E, o que torna ainda mais espinhosa nossa missão: em companhia dos colegas que apresentam sérias deficiências, temos um bem preparado adolescente de 14 anos, um eficiente concurseiro de vinte e poucos anos e algumas jovens senhoras com bom conhecimento do assunto. Resumidamente, o nosso grupo de trinta alunos é o mais real possível, já que é completamente desnivelado.
Porém, não é que, juntos, estamos conseguindo domar a megera?
O fato é que, depois de cinco aulas de três horas cada (com um intervalo de, no máximo, quinze minutos), temos conseguido manter a motivação da turma, com um nível de presença de quase cem por cento. Espero que continuemos assim, pois o sonho de consumo de qualquer professor é uma turma interessada.
Caso alcancemos sucesso, meus caros, ninguém poderá negar: teremos prestado um grande serviço à educação do país. Teremos comprovado que é absolutamente possível resgatar a imensa dívida que o país tem com o exército de pessoas despreparadas, afugentadas dos bancos escolares por causa da matemática.
E, pelo que já passamos juntos, eu tenho toda confiança: seremos bem sucedidos.
Um forte abraço,
João Vinhosa                                                                                   joaovinhosa@hotmail.com

terça-feira, maio 21, 2013

Ele promete fazer tudo acontecer na hora certa.

Você está andando pelo corredor pensando naquelas notas novinhas de dez reais que você tem na sua carteira, e um rapaz que você deve três reais, de repente, sai de uma porta e passa por você. Você realmente está tentado a colar numa prova, mas a garota inteligente que senta ao seu lado, falou à aula no dia da prova. Você está pensando em mandar um cartão para um garota que parece que está precisando ser confortada, e, quando você pega a lista telefônica na estante para saber o endereço, ela está aberta justamente no sobrenome dela. Você tinha um compromisso, e, quando estava saindo de casa, percebeu que o pneu do carro está vazio.
Coincidências?
Se você conhece a palavra de Deus e confia nele, você, provavelmente, acha que não. Ele tem maneiras de ajeitar até mesmo essas pequenas coisas na hora certa. Essa é uma das maneiras pelas quais Ele nos lembra que tem tudo sob controle. E esta é a maneira de Ele lidar também com as coisas importantes da vida.
A lista que Salomão coloca em Eclesiastes 3. 1-8 inclui algumas coisas que não parecem ser muito boas. Mas tudo que Deus permite acontecer na sua vida -  mesmo a tristeza -  tem um propósito, e Ele faz as coisas acontecerem no momento ideal. Ele pode fazer isso porque conhece você melhor do que você mesmo se conhece. E Ele também sabe o que está para vir. Se a hora em que as coisas acontecem parece ser a pior, confie no fato de que Deus sabe de alguma coisa que você não sabe.
É assim que precisamos viver...sempre conectados a Deus e sabendo que tudo que acontece, se perdemos, foi livramento e cuidado para chegarmos a vitória.

segunda-feira, novembro 19, 2012

A Bíblia e o Celular



Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito que tratamos o nosso celular?
E se sempre carregássemos a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa?
E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia?
E se voltássemos para apanhá-la quando a esquecemos em casa, ou no escritório?
E se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos?
E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela?
E se a déssemos de presente às crianças?
E se lançássemos mão dela em caso de emergência?
Ao contrário do celular, a
Bíblia não fica sem sinal.
Ela 'pega' em qualquer lugar.
Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque Jesus já pagou a conta e os créditos não têm fim.
E o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é para toda a vida.
*NELA ENCONTRAMOS ALGUNS TELEFONES DE EMERGÊNCIA:
Quando você estiver triste, ligue João 14.
Quando você estiver nervoso, ligue Salmo 51.
Quando você estiver preocupado, ligue Mateus 6:19,34.
Quando você estiver em perigo, ligue Salmo 91.
Quando Deus parecer distante, ligue Salmo 63.
Quando sua fé precisar ser activada, ligue Hebreus 11.
Quando você estiver solitário e com medo, ligue Salmo 23.
Quando quiser saber o segredo da felicidade, ligue Colossenses 3:12-17.
Quando você sentir-se triste e sozinho, ligue Romanos 8:31-39.
Quando você quiser paz e descanso, ligue Mateus 11:25-30.
Quando o mundo parecer maior que Deus, ligue Salmo 90.
RECEBI ESSA RELAÇÃO DE TELEFONES DE EMERGÊNCIA E ACHEI POR BEM COMPARTILHAR COM AS PESSOAS ESPECIAIS COMO VOCÊ! Anote em sua agenda, um deles pode ser IMPORTANTE a qualquer MOMENTO em sua VIDA!

quinta-feira, outubro 18, 2012

Evangélico - Ser ou Não ser - Cantor Daniel César

Achei muito interessante esse artigo que encontrei pela net e resolvi compartilhar.


Recentemente uma prima minha veio a minha casa, vinda do interior de uma cidade de Minas Gerais, predominancia católica e me fez uma pergunta, esta religião que voce segue, o que tem de diferente o que muda?
1)Qual a diferença do Crente? O que é ser evangélico?
Ser evangélico, e seguir o evangelho do Senhor Jesus. Mais precisamente a parte da Bíblia, do Novo Testamento, para quem não sabe, D.C. significa depois de Cristo. Cristão, evangélico.
2) Qual a diferença entre ser evangélico e ser católico?
A diferença de ser evangélico e que existem vários costumes que os Católicos praticam que não tem fundo Bíblia, como por exemplo, a oração "Ave-Maria, cheia de graça, Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres, bendito é o fruto de fosso filho Jesus. Santa Maria mãe de DEUS rogai por nós pecadores agora e na hora de nossa morte Amém" não está na Bíblia. Veja bem, não é uma discussão, nem preconceito, porque o preconceito começa a partir do momento que se trata diferente uma pessoa pelo fato de ser católica, ser macumbeiro ou outra religião. É apenas uma divergência de opinião.  Deixa eu explicar o ponto de vista. Não que a Maria mãe de Jesus não fosse a mulher mais cheia de graça que existiu, não que não fosse a mais abençoada, não que o fruto do ventre dela não fosse o mais abençoado, porque certamente são todas estas coisas. Agora aonde está escrito na Bíblia que Maria seria a nossa intercessora diante de Deus? Não existe. Leia a Bíblia.
Aonde está escrito na Bíblia que devemos repetir uma oração 20 vezes, depois rezar um pai nosso, depois repetir a mesma oração mais 20 vezes, depois rezar a oração do credo, depois ficar repetindo, repetindo, repetindo? Aonde está escrito que devemos ter um tercinho de bolinha na mão, amarrado na cordinha e ir contando as vezes que repetimos as mesmas orações repetitivas várias e várias e várias vezes? Não há....
Muito pelo contrário. Na Bíblia está escrito que as ORAÇÕES NÃO DEVEM SER VÃS REPETIÇÕES!!!!!
Na Bíblia está escrito que JESUS FALOU: Devemos orar UNICAMENTE a Deus, em MEU NOME!!!!! Ou seja, devemos orar unicamente a DEUS, em nome de JESUS. Não devemos orar a maria, a Paulo, a Mateus, a Jeremias a mais ninguém.
Na Bíblia está escrito que DORMEM, todos DORMEM. Maria DORME, Jesus Reina, Maria dorme.
Na Bíblia está escrito que só DEUS, é onisciente, onipresente, onipotente. Ou seja, só DEUS está em todos os lugares, sabe de tudo, e tem poder para tudo.
De acordo com a Bíblia, o diabo tem mais poder que Maria. Cuidado com o diabo. O diabo pode te transportar e te colocar em cima de uma montanha. Teoricamente o diabo pode fazer uma santa chorar.
Ou seja, o Evangélico, o Crente, ela ora apenas para DEUS, em nome de JESUS. Ele não ora para Santa, não ora para estátua, não ora para macumbeiro, não pede oração para Reiki, não pede oração para Espíritismo, ele pede apenas para DEUS. Em nome de JESUS.
3) Maria Dorme
Jesus disse: -NINGUÉM VAI AO PAI, SENÃO POR MIM. Jesus não disse: -NINGUÉM VAI AO PAI, SENÃO POR MARIA. Jesus também não disse: -NINGUÉM VAI AO PAI, SENÃO POR SANTO EXPEDITO!!!!
Jesus, o nome é Jesus. Maria não é onisciente, não é onipotente, não é onipresente. Ela não está em todos os lugares, em todas as horas. Só Deus está em todos os lugares, está em todas as horas, todos os momentos. Só DEUS. Maria não.
4) Como diz o Pr. Juanribe Pagliarini
É muito bonito voce ter uma santa, lá no céu, para voce fazer algo de errado e ter alguém para voce ir lá, pedir ao pai que ela interceda, faça o favor de pedir a sua redenção para o Salvador. Isto num filme, fica muito lindo, muito bonito. Mas na verdade, na vida real não é assim. Porque na Bíblia diz só DEUS está em todos os lugares, em todas as horas, e tem todo o poder. Então se voce estiver aqui em Brasília fazendo uma oração para Maria, isto supondo que Maria não esteja dormindo, se voce estiver fazendo uma oração para Maria aqui em Brasília, lá em São Paulo alguém estiver fazendo a mesma oração, ela não pode ouvir os dois ao mesmo tempo. Porque só Deus é que tem este poder. Jesus também, porque ele mesmo na Bíblia disse, onde estiverem 2 ou 3 reunidos ali estarei. Ele não fala onde estiverem 2 ou 3 reunidos Maria estará... Leia a Bíblia. Aceite a verdade.
5) Se aparta do mal e desvia do pecado.
O verdadeiro crente tá sempre lutando, sempre orando, indo para igreja, fazendo campanha, dedicando alguns minutos para o pai. Fazendo jejum fazendo oração. Se desvia das más companhias, não se acenta na roda dos escarnecedores, não atenta para o conselhos dos ímpios e faz a vontade do pai. Meu amigo. Seja crente, abre mão de maria, faça a vontade do pai. Aceita Jesus como único salvador da tua vida!!!!! (Cantor Daniel César)

terça-feira, outubro 16, 2012

Ei, psiu, acorda! Você está vivo!!!!

Oito meses sem postar algo aqui e o número de visitantes me surpreenderam. Sendo assim, me sinto na obrigação de atualizar, não é?
Bom, hoje quero falar de desânimo, ou melhor, não é hora para isso.
Assim que voltei para Jesus comprei um caderninho onde comecei a anotar todas as pregações. Aprendi e ainda aprendo muito com meu pastor Arnolfo Pinheiro e quero compartilhar tudo isso com vocês.
Uma de suas pregações, em janeiro de 2011, falava sobre esse tema - "Não é hora de desanimar", e Deus colocou essa palavra hoje no meu coração, não sei se foi por causa da política, rs, (meu candidato perdeu) ou por estar vendo alguns amigos tristes e desanimados com a vida.
Quem nunca se sentiu assim, não é? Sem vontade de sair de casa, de comer, de conversar, de ler a Bíblia, de fazer alguma coisa? Mas nessa vida estamos apenas de passagem onde devemos nos dedicar a Deus e procurarmos ser felizes com o que Deus nos proporciona, até mesmo passando pelo deserto. Pois nós sabemos que não existe uma grande vitória sem uma grande luta.
Vai aí algumas dicas para que possamos ficar cada dia mais alegres e animados.
Em primeiro lugar: Ei, psiu, acorda! Você está vivo!!!!
Se você não sabe vai aí uma péssima notícia: sempre iremos passar por lutas, provações.
Então, já que temos que passar pelo deserto mesmo, que passemos de mãos dadas com o Senhor.
Ele nunca nos deixa só. Mas para que possamos prosseguir, precisamos conhecer mais e mais de Deus. É necessário maior intimidade com Ele, no dia a dia, na oração, na palavra, pode ser ali mesmo, escondidinho, só você e Ele. Saber mais ao seu respeito, sua vida. Não sei onde, mas um dia ouvi em uma pregação, não sei de quem, que um homem que trabalhava em uma lanchonete foi batizado pelo Espírito Santo na hora do expediente, abraçado com o vaso nojento. Ele sentiu vontade e foi conversar com Deus ali.  Deus não escolhe lugar e nem hora pra agir ou falar conosco;
Precisamos estar determinado à chegar onde precisamos chegar. Precisamos ter meta, sonhos, objetivos. Se não a vida acaba sem sentido mesmo. Você não quer ficar o dia inteiro em frente à uma tv, comendo besteiras e engordando horrores, não é?
Em Tiago 1-7 e 8 diz assim: "Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor, pois não tem firmeza e nunca sabe o que deve fazer."
Passe pro papel tudo que te deixa feliz, tudo o que você quer pra sua vida, se organize;
Precisamos conhecer os nossos talentos e de onde eles veem. "Não pensem que foi com a sua própria força e com seu trabalho que vocês conseguiram todas essas riquezas", Deuteronômio 8-17. Deus abençoou a todos. Temos que ser útil em alguma coisa, não é? rs;
É preciso ter o Espírito que saiba receber correção. "Quem rejeita a correção acabará pobre e na desgraça, mas quem aceita a repreensão é respeitado", Provérbios 13-18;
Precisamos vigiar a nossa boca. "Quem trabalha terá com o que viver, mas quem só conversa passará necessidade", Provérbios 13-18. Ninguém segura uma bala depois que alguém já puxou o gatilho, não é? Nossa boca é capaz de gerar bençãos, saúde, ânimo, prosperidade ou desgraça, destruição, até a morte. Nossa boca é instrumento de benção;
Precisamos crer na providência divina. Quando duvidamos de Deus, ficamos fracos, nos afastamos, nem falamos com Ele, porque estamos com dúvidas do que Ele é capaz. Não duvide de Deus. Não abra mão da sua palavra e promessa. Deus fez uma aliança conosco. Ele não quebrará essa aliança. "Portanto, cumpram todas as condições desta aliança para que tudo o que fizerem dê certo", Deuteronômio 29-9.
Então, vamos seguir em frente, persistentes, sem desânimo, saibamos que Deus está o tempo todo de mãos dadas conosco, não importa o deserto, o importante é que estamos ou que iremos passar por ele, para que possamos receber nossa vitória.
Espero que o que escrevi sirva de reflexão para muita gente, e quero receber mais e mais comentários, hein.
Bjinhos.



sábado, fevereiro 04, 2012

O olhar de Verissimo sobre o BBB


Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. A nova edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.

Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo.
Impossível assistir ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros...todos na mesma casa, a casa dos heróis, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterossexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE.

Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB . Ele prometeu um zoológico humano divertido . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.


Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.

Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis? Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores) , carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados.

Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo dia.

Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna. Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, Ongs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados .

Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o escolhido receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

Veja o que está por de tra$$$$$$$$$ $$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores)

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores. Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir ao cinema...., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , ·visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construído nossa sociedade.


Esta crônica está sendo divulgada pela internet a milhões de e-mails.

terça-feira, janeiro 10, 2012

Vontades.



Vontade de jogar pro alto tudo que me deixa aqui em baixo, nesse lugar triste e pensativo.
Vontade de ouvir um “eu te amo” sem ao menos perguntar.
Vontade de não ouvir um somente “eu também”, que ele viesse recheado de olhares profundos com uma cobertura de beijos sinceros e verdadeiros.
Vontade de gritar o quanto eu amo, sendo o que me pára é que nunca irá acreditar.
Vontade de ficar por perto, não querendo incomodar, sendo o que me distancia são palavras e atitudes que no fundo me machucam.
Vontade de não ser apenas convidada, mas um dia ser raptada para um lugar bonito, de olhos vendados e uma música de fundo.
Vontade de acordar com um belo “bom dia!” vindo de uma ligação, mensagem, telegrama, ou outra surpresa qualquer.
Falando em surpresa, vontade de viver uma bem bonita e emocionante.
Vontade de ver meu nome escrito, não apenas num papel ou num perfil de rede social como “namorando” ou “em um relacionando sério com...”, mas de ter meu nome tatuado no coração.
Vontade de ser lembrada, mesmo nos momentos nem tão favoráveis.
Vontade de ter uma aliança, um compromisso selado.
Vontade de receber flores.
Vontade de não fazer nada, ficar em silêncio, apenas presente, por perto.
Vontade, ao mesmo tempo, de ficar bem longe, pra ver se sente saudade = isso chamaria de ilusão.
Vontade de receber aquele abraço, sincero, amigo e companheiro.
Vontade de me sentir importante, especial.
Vontade de ganhar presentes, nem que seja uma barra de chocolates.
Vontade de rasgar qualquer tipo de rótulo que me pregaram.
Vontade de não me sentir enjoada, chata, nos momentos em que mais cuidava.
Vontade de ter alguém enjoado assim que cuide de mim.
Vontade de ser surpreendida com algo que nunca poderia esperar.
Vontade de ser ouvida, simplesmente pra dividir um pouco de mim.
Vontade de fazer parte de uma vida ou uma história.
Vontade de um amor sincero e verdadeiro.
Vontade de receber um sorriso.
Vontade de dar gargalhadas.
Vontade de ser feliz e percebida.
Simplesmente, vontades, essas que dão e nunca passam.

quarta-feira, janeiro 04, 2012

Meu comentário a carta aberta para Michel Teló

http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao/noticia/2012/01/saiba-como-prevenir-acidentes-domesticos-em-epoca-de-ferias.html

Pode ter certeza de uma coisa: esse aí não vai longe. Deus está com aqueles que estão com Ele. Michel é daqueles artistas que ainda não descobriu o mau que seu trabalho faz às mentes das pessoas. Pq não usar agora de sua fama e pedir o dom a Deus de fazer letras restauradoras, músicas abençoadas, ao invés de amaldiçoar até mesmo seu próprio eu?! É revoltante ouvir meu sobrinho de 6 anos ficar do nada cantando essa música "ai se eu te pego". Na minha opinião, no mínimo, isso é satânico. É isso mesmo que o diabo quer: dominar as mentes. Fico triste em ver pessoas, que alguns chamam de artistas, usarem sua imagem e sua voz para coisas que não acrescentam, somente para dois objetivos: fama e dinheiro. Esquecem os próprios valores e se deixam mergulhar em tudo que é fútil e inconsolável.