quinta-feira, outubro 05, 2006

O começo de um amor

Quando era criança sonhava em ter algo de valor, não sabia o que poderia me chamar mais a atenção e me deixar feliz, me sentir bem por ter. Ficava horas ali, perdida no vazio.
Certo dia, olhando para o céu vejo uma estrela que brilhava intensamente sobre mim.
Naquele campo escuro, onde só ouvia carros de longe se passando e cigarras soltando seu canto, meu coração salteou. Naquele instante em que tentava me ver em algum lugar sem saber onde, via meu sorriso e um rosto de alguém, mas não sabia quem era.
Assustada com o que via, pedia à Deus para libertar da minha solidão e me dar logo essa
felicidade que tanto esperava. Ainda sem saber se era carro, ou casa, ou roupas novas,
ou algo de valor que estaria a caminho para proporcionar alguns momentos de distração
e esquecer os problemas que me rodeavam, me sentia feliz em sonhar.
O sonho, com o tempo, me fez enxergar as dificuldades que ainda tinha que passar pra
receber algo em troca, afinal, nada é de graça...
Então fui vivendo e me alimentando de esperanças. Nos dias em que o céu se encontrava iluminado, algo me chamava para apreciar a "minha estrela" que tanto brilhava.
Com tanta luta e pedras no caminho, uma pessoa me fez sonhar ainda mais, com brincadeiras de criança, o brilho secreto nos olhos e Certo refúgio acima do murmúrio, minha vida ali mudava: um dia serei feliz!!!
No campo onde a aventura recomeça, uma frase eu ouvi: "Você é a flor mais linda que nasceu no jardim de minha vida."
Pronto: Não tive dúvidas, era o presente que tanto esperava. A estrela brilhou ainda mais forte, o campo ficou mais verde o som dos carros e o canto da cigarra foram substituídos pela voz doce e gentil. Era meu amor, do outro lado da linha me fazendo sonhar. No nosso ponto de encontro que tanto brilhava, a emoção tomava conta. O meu sorriso era nítido e o rosto eu já conhecia. Lá se foi minha solidão e com ela a minha tristeza, a razão presenciou. A estrela que antes
era "minha" agora é "nossa", o novo integrante chegou. Deixando mais colorido o jardim que construímos, deixando mais quentes as noites frias do campo, sucumbe-me a alma à ventura.
Simplesmente resumido em um amor, que hoje afaga minha vida, tudo tendo mais cor e
sentido pra minh'alma. Hoje posso dizer: Sou feliz porque amo alguém que me encontrou.

Nenhum comentário: