domingo, maio 29, 2011

Valeu à pena.

Sou assim, penso no meu eu que é guiado por Deus.
Aqui estou, com essas vozes silenciosas, o que me deixa curiosa pra saber o que na verdade tenho.
Enfermeiros pelos corredores, crianças gritando de dores.
Nessa cama me encontro para um propósito de Deus se cumprir.
Não estou aqui sozinha, o Espírito de Santo me faz companhia.
Nem eu mesma sei o motivo, o que tenho na verdade.
Só sei que Deus sempre usa minha vida para operar grandes milagres.
Com certeza saio daqui com o vento do Espírito.
Desta vez posso garantir,
valeu à pena a dor que senti.

Esse texto eu fiz na 3ª noite em que estava internada no Hospital das Clínicas na semana passada.

Quero aproveitar e agradecer à todos que foram me visitar, ao grupo jovem da minha Igreja e em especial ao Gilmar, mais conhecido como Bolla, que me socorreu de madrugada e passou a noite fria tomando conta de mim. Obrigada pelo carinho!!! Amo muito todos vcs!

Nenhum comentário: